Eugène Delacroix - "A liberdade guiando o povo" - 1830






16 de abr de 2010

Vamos limpar o Brasil

O Brasil pode até não ser o país do futuro, mas é inegável que evoluiu muito, em todos os aspectos, nos últimos 25 anos. Acredito que no campo político, foi onde se deu o maior salto. Saímos de um período de democracia limitada, para um período de ampla e irrestrita democracia, com transparência nos processos eleitorais, liberdade de expressão e de imprensa, alternância de poder, instituições sólidas, etc.

Infelizmente, o que temos visto nos últimos 7 anos, é uma tentativa de desmanchar tudo isso, transformando o Brasil em mais uma "República Bolivariana". O governo Lula e seu partido, são sinônimos do que há de pior no Brasil.

Todo o processo começou de maneira bastante simples: primeiro o Lula garantiu a compra da classe política, com distribuição de cargos a políticos e afiliados, criando inúmeros ministérios e todo tipo de cabide de cargos. Posteriormente "melhorou" o processo criando o MENSALÃO, que compra os políticos não apenas com favores e cargos, mas com dinheiro vivo. Muito mais eficiente.

O segundo passo era comprar o povo, que é tão corrupto quanto seus nobres representantes parlamentares, criando todo tipo de subsídio, passando desde os necessários até os mais ridículos e eleitoreiros. Não se esquecer de deixar bem claro que, se o barbudo e seus asseclas saírem do poder, a mamata acaba, e todos terão que voltar a trabalhar. Pronto, estão todos devidamente comprados e subornados. Falta a imprensa.

Nunca antes na história deste país a imprensa foi tão "chapa branca". Antigamente tínhamos na imprensa a última fronteira contra políticos corruptos e populistas, mas hoje, a grande mídia nacional está também no bolso do molusco e do partido da estrela vermelha. E olha que nem estou falando de "hors concours", como Franklin Martins e Cia. Ltda. Os grandes veículos de comunicação estão amarrados nos gigantescos contratos de publicidade mantidos pelos cofres públicos, que inundam jornais, revistas, portais, canais de TV, etc; além de interesses diversos na área de concessões em telecomunicações.

A cama está pronta.

Ato contínuo, basta aos poucos, ir mostrando ao povo, que o presidente da república (mas diga-se, apenas este), está acima da Lei, do bem e do Mal, tudo pode falar e fazer, é onipotente e imune à Constituição. Exemplo claro disso tivemos há alguns dias, quando Lula disse estar indignado em ter que se submeter a decisões judiciais sobre o que se pode ou não fazer em uma campanha eleitoral. Por atos como estes, vê-se o quão doentia é a cabeça desses aloprados e seu chefe maior.

Se não mantivermos nossos olhos abertos, o Brasil sofrerá um retrocesso político sem precedentes, que nos dias de hoje seria muito mais devastador ao país do que foi a Revolução Cubana, àquele país.

Não é uma questão de polaridade entre PSDB e PT, mas sim a necessidade urgente de tirar o PT do comando do Brasil, de forma democrática, para que possamos voltar à um estado de normalidade democrática, afastando o perigo de termos um Castra, Chavez ou Moralez verde-amarelo e vermelho. Quem sabe assim, o próprio PT possa voltar à razão e voltar a ser apenas um partido político e não um movimento golpista e ilegal, com tentáculos (trocadilhos a parte) em diversos movimentos e ONG's ditas sociais, mas que as custas do erário praticam todo tipo de baderna país afora.

Nenhum comentário: