Eugène Delacroix - "A liberdade guiando o povo" - 1830






13 de out de 2010

Bornhausen diz que PT tem projeto de "dominação total"

O líder do DEM no Congresso, deputado federal Paulo Bornhausen, acusou o PT nesta quarta-feira (13), em reunião com líderes do DEM, PSDB e PMDB de Santa Catarina, de manter um projeto de "dominação total" sobre as "liberdades individuais e sistema político nacional".
Para o democrata, uma vitória de Dilma Rousseff (PT) e a maioria do Senado e da Câmara dos Deputados formados por governistas representaria um "risco absurdo" ao País. "Eu sei qual ovo de serpente foi colocado no Congresso Nacional para iniciar o projeto de dominação total do PT sobre a nossa política e a sociedade", afirmou. "No programa eleitoral, eles estão falando em maioria de 350 parlamentares na Câmara. Mas este número vai passar de 400", completou.
Segundo Bornhausen, um eventual governo Dilma aprovaria o que "bem entendesse". Ele citou o chamado projeto de "cotas" na TV por assinatura, ainda em tramitação no Congresso: "o PT vai aprovar isso e interferir nos canais e programação. (...) Vamos assistir ao Lula, a Dilma e toda a catrefa (sic) em pleno horário nobre. E não vai adiantar mudar de canal porque eles estarão em todos", afirmou.
O deputado ainda acusou os petistas de realizarem um projeto para "acabar com liberdades individuais" e disse que as lideranças não poderiam ter "vergonha" de pedir votos para José Serra (PSDB). "Vão aprovar a descriminalização do aborto e outros absurdos. Passei quatro anos na oposição sofrendo, mas lutando pelo Brasil", afirmou. "Não podemos ter vengonha de pedir votos pois quero um País com liberdades e democracia", concluiu.


Share/Bookmark

Nenhum comentário: