Eugène Delacroix - "A liberdade guiando o povo" - 1830






24 de out de 2010

Viúva de Chico Mendes recebe ameaças de morte após apoiar Serra na TV

Do "A Tribuna" - Acre


Um dia após ter o portão de sua residência derrubado por três homens não identificados, Ilzamar Mendes, viúva do líder seringueiro Chico Mendes, revelou em entrevista à reportagem de A TRIBUNA que dias atrás recebeu uma ameaça por telefone. “Uns dois dias após eu aparecer na mídia nacional recebi uma ligação de um telefone sem identificação. A voz era de um homem que me perguntou: Você não tem medo que aconteça a você o mesmo que aconteceu a Chico Mendes? A pessoa disse apenas isso e desligou”, revela.  De acordo com ela, na época em que recebeu a ligação preferiu apenas contar o fato aos familiares para não criar uma polêmica ou gerar sensacionalismo. Contudo, Ilzamar Mendes diz que após a tentativa de invasão a sua residência trouxe consigo um sentimento que ela conheceu anos atrás, na época em que Chico Mendes era ameaçado por pistoleiros diariamente. “É inevitável não sentir medo diante dessa tentativa de invasão. Vivi oito anos com o Chico e não tivemos um mês de sossego. Vi meu marido, pais dos meus filhos, ser morto covardemente na porta de casa”, relembra Ilzamar Mendes. Ilzamar Mendes contou que a tentativa de invasão a sua residência foi percebida por uma adolescente que mora com ela. Ao ser avisada pela menina que estavam tentando derrubar o portão, a viúva de Chico Mendes conta que acionou a polícia. “Enquanto eu respondia às perguntas sobre onde moro, do que se tratava eu percebi que eles iam adentrando no quintal. Foi então que fiquei mais apavorada e comecei a ligar para os meus filhos e liguei para um irmão que chegou bem rápido aqui”, conta. Enquanto Ilzamar Mendes falava com os familiares os três homens deixaram o local. “Sei apenas a altura deles e que estavam de roupas escuras. Quando a polícia chegou, cerca de 20 minutos após minha ligação, eu relatei o que pude. Nós ainda fizemos umas buscas aqui por perto, mas não localizamos ninguém que parecesse com eles”, disse. A polícia fez guarda durante toda a madrugada na casa porque o portão estava derrubado. Os filhos de Ilzamar ficaram muito abalados com o fato. “Sandino me ligava a todo instante preocupado comigo. Elenira também. Ambos estavam trabalhando em municípios próximos e ao saber da tentativa de invasão quiseram vir me encontrar, mas era muito tarde. Mas hoje vamos nos encontrar”, comentou. Ilzamar diz que a polícia continua investigando o caso. Ela afirmou que a questão da invasão à casa onde mora não inclui apenas questão de segurança na sua propriedade. "Infelizmente isso pode acontecer a qualquer cidadão de bem. Não apenas à viúva de Chico Mendes. Todos nós estamos reféns da falta de segurança que atinge nosso estado. Mas claro que depois disso eu vou mudar alguns hábitos”, adiantou. Para Ilzamar Mendes, o fato ocorrido ontem chama a atenção porque se fosse um assalto os três homens não teriam feito barulho ou teriam entrado na propriedade por outro lugar. “Agora vamos ficar mais atentos”, concluiu. (Nayanne Santana)



Nenhum comentário: